Skip to content

Architecture Cost Management ®: 10 Benefícios deste conceito!

O Architecture Cost Management ®  (ACM®é um conceito inovador criado pela DIMSCALE. Tem como objetivos principais a otimização/redução do capital investido no projeto e o controlo de todos os custos ao longo das fases de desenvolvimento e execução.

O conceito que criámos em 2012 na DIMSCALE veio salvaguardar o conceito de arquitetura, otimizando cada projeto. Queremos, assim, deixar a nossa marca, dando sustentabilidade à arte.

Acreditamos que, num futuro próximo, o Architecture Cost Management® fará parte de todos os projetos arquitetónicos.

 

10 Benefícios do Architecture Cost Management®

 

  1. Fazer uma boa gestão de projeto.

A gestão do projeto começa muito antes da colocação da primeira pedra. Ser bem sucedido nesta tarefa só se consegue através da recolha de toda a informação disponível do projeto e das suas condicionantes logísticas. Depende ainda da análise da viabilidade do investimento.

 

  1. Evitar derrapagens orçamentais.

Evitar que o custo inicial de uma obra duplique ou triplique entre a fase de projeto e a sua conclusão é a vantagem número 1 do Architecture Cost Management®. Este conceito inovador visa otimizar ao máximo o investimento do projeto. Faz uma avaliação e um controlo total dos custos ao longo de todas as fases. Na DIMSCALE, mantemos o valor inicial e o final o mais próximos possível e garantimos que o desvio não é superior a 3%.

 

  1. Corrigir incongruências.

Incongruências, linguagens diferentes e falhas de comunicação são correntes no dia a dia da maior parte dos profissionais que atuam nas áreas da arquitetura e da construção. Contudo, tal não ocorre na DIMSCALE. Com o conceito ACM®, os nossos métodos de trabalho, rigor e disciplina reduzem ao máximo a margem para erros.

 

  1. Atenuar incompatibilidades entre especialidades.

A compatibilização entre as diferentes especialidades é um benefício adquirido na etapa de revisão de projeto. Esta é a fase que se caracteriza também pela prestação de toda a consultoria técnica quanto às soluções e processos construtivos.

 

  1. Eliminar trabalhos desnecessários.

Esta vantagem está também associada à revisão do projeto. Todas as soluções e processos construtivos contemplados são verificados quanto à sua adequabilidade técnica, compatibilidade entre diferentes elementos e disponibilidade no mercado. Acabar com os trabalhos desnecessários não só poupa tempo como dinheiro.

 

  1. Manter o conceito, imagem e qualidade do projeto.

A pretensão de reduzir os custos na fase de execução de obra pode incitar ao uso de materiais de menor qualidade/sentido estético. Não é o que acontece quando a DIMSCALE gere um projeto seguindo os princípios do ACM®. Manter o conceito arquitetónico e a qualidade final do projeto é o nosso objetivo.

 

  1. Aplicar o Design-to-cost.

O Design-to-cost (DTC) consiste na otimização do desenho de arquitetura e visa reduzir ao máximo os custos do projeto. Quando se segue este princípio, os custos são encarados como um aspeto primordial e não são desconsiderados.

Tomar as decisões mais acertadas na fase inicial do projeto evita que, ao longo da construção da obra, se incorra em custos desnecessários. Mas para ser bem-sucedido nas primeiras projeções implica fazer as medições certas.

 

  1. Um know-how inigualável.

O nosso know-how, a experiência de trabalho e os desafios que enfrentamos juntamente com os nossos clientes permitiram que criássemos ferramentas para colmatar as lacunas que fomos identificando e cujo impacto nos custos e resultados dos projetos era para nós inaceitável.

 

  1. Reduzir o capital investido.

Atuando como gestor de custo, a DIMSCALE integra-se na equipa do projeto através da colaboração direta com o promotor e investidor imobiliário e através da cooperação com os restantes intervenientes: gestor de projeto, equipa projetista, especialidades e fornecedores.

Através deste modelo de integração, a DIMSCALE gere toda a equipa de projeto no que aos custos diz respeito.  Salvaguarda assim os interesses do promotor quanto à poupança de capital e cumprimento dos objetivos estipulados a nível do custo, conceito e qualidade final.

 

  1. Aumentar o ROI.

O Architecture Cost Management® tem como objetivos principais a otimização/redução do capital investido no projeto e o controlo de todos os custos ao longo das fases de desenvolvimento e execução. Visa conjugar os procedimentos de Cost Engineering (estimativa e controlo de custo) e de Value Engineering (equilíbrio entre função e custo). Tem uma abordagem focada na salvaguarda do conceito arquitetónico e da qualidade final do projeto.

 

A DIMSCALE é o parceiro ideal para as medições dos seus projetos. Com mais de 293 projetos concluídos em 11 países diferentes, possuí o know-how necessário para lhe entregar soluções de confiança. Quer saber como? Fale com um especialista da DIMSCALE.

 

Falar com um especialista!

 

 

Subscreva o nosso Blog!


Aceito a Política de Privacidade
Dou o consentimento para o tratamento de dados

A DIMSCALE está comprometida com a implementação do RGPD. Para podermos tratar os seus dados pessoais, necessitamos do seu consentimento. Clique aqui para conhecer a nossa Política de Privacidade.