Skip to content

Avaliação de custos: É possível calcular o valor real de uma obra!

A avaliação de custos é um dos serviços associados ao Architecture Cost Management® (ACM). Este exame rigoroso, cujo ponto de partida é a medição, aplica-se na fase de planeamento e análise da viabilidade de investimento. Efetivamente, quanto mais cedo for realizado, mais precisa e correta será a estimativa orçamental.

A avaliação de custos do Architecture Cost Management® não tem por base o valor de referência por metro quadrado, habitualmente usado pelas empresas. Pelo contrário, este conceito inovador está atento a todas as particularidades e condicionantes de um projeto, analisando escrupulosamente cada uma delas. O objetivo é chegar ao valor mais correto possível do custo de uma obra.

Para alcançar valores reais, a DIMSCALE serve-se do extenso know-how que detém sobre o mercado de construção, económico e imobiliário. Assume-se contra a forma especulativa como é, por vezes, conduzida a avaliação de custos no mercado.

 

Avaliação de custos: Como são calculados os valores?

Num projeto, o erro de um dos intervenientes pode comprometer o trabalho de todos, sejam eles engenheiros, arquitetos, projetistas ou donos de obra. Na maioria das vezes, estas falhas conduzem a desvios orçamentais comprometedores.

É nesse sentido que a avaliação de custos assume um papel fundamental, não só para prevenir derrapagens, mas sobretudo para garantir a viabilidade de um projeto. Este serviço baseia-se num processo em que são escrutinadas as seguintes condicionantes:

  • Quantificação de todos os trabalhos e materiais – Determinar as quantidades que integram um projeto, mesmo que este ainda não exista ao detalhe. A medição é realizada através de um processo de cálculo rigoroso.
  • Condicionantes da construção e envolvente – Avaliar, por exemplo, a necessidade de construir infraestruturas ou outros elementos para além do edifício.
  • Cliente – Quem é, quais as suas expectativas em relação ao projeto e qual é o seu público-alvo?
  • Logística – Todos os trabalhos necessários, mas que não estão relacionados diretamente com a construção.
  • Localização – Analisar o local do projeto/obra, bem como o tipo de terreno e acessos, que vão determinar uma série de condicionantes logísticas.
  • Contexto económico – Estudar a situação do país e o estado do mercado aquando da construção da obra.
  • Seguros – Todo e qualquer tipo de seguro necessário para garantir que o projeto tem segurança e que não surgem situações paralelas que inviabilizem a obra.

 

Com este modus operandi, é reduzida ao mínimo a disparidade entre os valores calculados na fase inicial e final de uma obra.

A avaliação de custos preconizada pelo Architecture Cost Management® tem ajudado promotores e investidores a tomar as decisões certas atempadamente. O método de trabalho é baseado na ética e diferencia-se a nível nacional e internacional pela sua assertividade.

 

VISITAR SITE DA DIMSCALE